Comida típica de Córdoba

Salmorejo

La comida típica de Córdoba É o produto de duas influências. Por um lado, a Andaluzia derivou de seu passado muçulmano e, por outro, a chegada cristã do norte da Península Ibérica. Ao primeiro deve o uso abundante de temperos como o orégano, a hortelã ou o estragão, enquanto deste último foram retiradas inúmeras receitas tradicionais.

Os produtos da terra são seus principais ingredientes. Entre eles, um papel igualmente essencial é desempenhado pelo azeite de oliva de seus campos. Mas também o gado das suas montanhas. Precisamente, podemos distinguir duas variantes na gastronomia de Córdoba. A chamada cortesia Por ter se desenvolvido nesses centros agrícolas, é basicamente composto por sopas e ensopados. Em vez disso, o do campo Baseia-se mais em pratos saudáveis. Se você quer conhecer melhor a comida típica de Córdoba, vamos fazer um tour por suas receitas mais populares.

Sopas frias, um clássico da comida típica de Córdoba

Alho branco

Um prato de ajoblanco

O clima sempre influencia a gastronomia de um lugar. E Córdoba não seria exceção. O seu clima quente convida à preparação de sopas ou cremes frios que refrescam o corpo. Por esta razão, estes tipos de receitas são tradicionais na cozinha de Córdoba.

Possivelmente seu grande clássico nesse sentido seja o salmorejo. Seus ingredientes básicos são pão triturado, azeite, alho, sal e tomate. O resultado é um creme delicioso servido com lascas de presunto ou ovo cozido. Além disso, devido à sua composição e forma de consumo, os especialistas incluem esta receita entre as de gazpachos andaluzes.

Mas não é a única sopa fria típica de Córdoba. Assim é o Alho branco, que é feito com água, alho, sal, azeite, pão, amêndoa moída e um toque de vinagre. Da mesma forma, servirão acompanhados de pedaços de melão ou uvas. Por outro lado, acredita-se que as suas origens sejam ainda mais antigas do que as do salmorejo, podendo remontar à época romana e até à cozinha grega.

Guisados ​​e entradas

Vista de alguns flamenquins

Flamenquins

Mas nem tudo são pratos frios na comida típica de Córdoba. Ele também tem receitas mais saudáveis ​​que você vai achar deliciosas. Entre eles, o ensopado de feijão seco ou boronia e a paella campestre. Este último tem, além de arroz, presunto, bacon, frango e chouriço, além de páprica e cravo. Da mesma forma, outros ensopados são os espargos amargos, as migas e as papas.

Mas mais indígena é o panela de cordovão, um ensopado de grão de bico feito com páprica, bacon de porco, cebola, alho, sal e repolho. Por ser uma receita contundente, costumava ser preparada para alimentar os diaristas, mas, com o tempo, tornou-se um clássico da gastronomia da província andaluza.

carnes locais

Rabo de Toro

Rabo de toro, um clássico da comida típica de Córdoba

O gado é criado especialmente nas montanhas de Córdoba. De fato, possui uma das maiores cabanas da Andaluzia composta por bovinos, ovinos e caprinos. Não o surpreenderá, portanto, que a carne seja outro dos principais ingredientes do ensopado da região.

Em relação a eles, há dois pratos que compõem a comida típica de Córdoba. Se trata de os flamenquins e rabo de toro. Os primeiros também têm uma preparação muito simples. São fatias de presunto serrano enroladas numa tira de lombo e, posteriormente, empanadas e fritas. A título de curiosidade, diremos que o nome, como se acredita, vem do aspecto alongado de sua aparência. Da mesma forma, especialistas em gastronomia situam a origem deste prato na cidade de Córdoba de Bujalance, embora tenha se espalhado por toda a Espanha.

Por seu lado, o rabo de boi também é um prato comum em outras partes do nosso país. No seu caso, a receita é conhecida desde a época romana, embora a preparação atual remonte ao século XIX. Como o próprio nome sugere, é preparado com rabo bovino (touro ou vaca) e também leva tomate, cebola, cenoura, pimenta, alho, sal e louro. Além disso, adicione azeite e um copo de vinho tinto.

Estes dois pratos que explicamos são os mais característicos da comida típica de Córdoba em termos de carne. Mas há outros como carne com alcachofra, o Ensopado de coelho, a ensopado de cordeiro ou leitão de criança. Aprecia-se também a chanfaina, que também é feita com borrego e o seu sangue, cebola, alho, louro e malagueta. Mas esta receita também pertence, com variações, a outras cozinhas espanholas e até latino-americanos.

Outros pratos que aparecem na comida típica de Córdoba

corrida de Baena

Uma corrida de Baena

Juntamente com as deliciosas preparações acima, existem outras receitas igualmente saborosas na cozinha de Córdoba. Por exemplo, você tem o Omelete São José, que mistura ovos batidos com pão ralado e um molho especial de açafrão que lhe confere uma cor amarela única. E, de igual modo, o mexido Baena, com tenros rebentos de alho.

Também é requintado salada cordovan, semelhante ao russo, mas com azeitonas pretas da terra. E, quanto aos pratos de vegetais, você tem a berinjela frita com mel e Alcachofras à Montillana, que são preparados com vinho da denominação Montilla-Moriles, daí o seu nome.

Mais curioso é o alface de alho, também chamado de coração de Córdoba, que é feito ao temperar o vegetal com um molho feito de alho frito, páprica, sal, vinagre e pedaços de presunto serrano.

Caracóis, um clássico da gastronomia de Córdoba

Caracoles

Caracóis, um prato básico na comida típica de Córdoba

É curioso o que acontece com os caracóis em Espanha. Enquanto em algumas áreas dificilmente são consumidos, em outras são considerados uma iguaria. Entre estes últimos está Córdoba, que os transformou em tudo uma bandeira de sua gastronomia, a ponto de serem até vendidos em bancas de rua.

De fato, existem muitas elaborações que foram desenvolvidas na cidade andaluza. Você pode experimentá-los com uma grande variedade de molhos. Mas quase sempre incluem na sua preparação produtos como tomate, cebola, pimento vermelho, alho, vinho, hortelã e outras especiarias. Além disso, os mais comuns são geralmente os apimentado, embora alguns cozinheiros tenham começado a criar novas e ousadas receitas. Por exemplo, caracóis à romana, salteados com enguias, bebidos com fios de presunto e até carbonara.

Peixes de uma província do interior

peixe na marinada

Um prato de peixe marinado

Como você sabe, Córdoba não tem mar, embora tenha rios. Mas isso não impede que o peixe também esteja presente em algumas de suas receitas gastronômicas. Como em outras partes da Espanha, um pouco da rin-run, um ensopado de atum com batatas e pimentos. Às vezes, também é preparado com bacalhau salgado. Este último também é usado para cozinhar o alho em sopa, que o acompanha com tomate.

No entanto, mais comuns são peixe marinado, especialmente a palometa, que em Córdoba recebe o nome único de "japuta". É temperado com páprica doce, alho, vinagre, orégano e farinha e depois frito em abundante azeite. Mas também a marinada e o vinagrete são usados ​​para temperar estes pratos. Com este último, muito se consome anchovas.

Confeitaria de Córdoba

um doce de marmelo

Doce de marmelo

Quanto às sobremesas, também são muito variadas na gastronomia desta província andaluza. Há bons queijos, entre os quais o da Pedroches, que se faz no vale homónimo, já na fronteira com a Extremadura. Mas, acima de tudo, a doçaria é muito importante dentro da comida típica de Córdoba.

A doçura da cozinha de Córdoba combina elementos típicos da Andaluzia com outros de raízes de La Mancha. A estes últimos pertencem, por exemplo, frutas fritas como flores fritas, originários de Campo de Calatrava e que chegaram inclusive ao México e à Colômbia. Em vez disso, eles são mais locais merengues de aguilar, The donuts de Priego e do pasta de marmelo de Puente Genil.

De qualquer forma, os ingredientes da doçaria cordobesa são mel, gergelim e matalahúva. No entanto, uma das sobremesas mais típicas da província andaluza é a bolo de cordovão, uma iguaria feita com cabelo de anjo e massa folhada. Em sua versão individual, recebe o nome de luva e acolchoamento idêntico carregam o bolos de massa quebrada.

Por fim, se quiser saborear outra iguaria cordobesa, pode encomendar alguns Mingau doce. Neste caso, são feitos com farinha, açúcar, leite, anis, limão, azeite e canela.

Bebidas para acompanhar a comida típica de Córdoba

Uma garrafa de Montilla-Moriles

Um vinho de Montilla-Moriles

Não podemos terminar nosso passeio pela gastronomia cordobesa sem falar de bebidas. Já mencionamos no passado a denominação de origem do vinho de Montilla-Moriles. Nele você encontrará excelentes vinhos.

Se combinar um copo de fino com outro de doce (por exemplo, Pedro Ximénez), terá uma meio a meio, que é amplamente consumido na cidade como aperitivo. E, para terminar uma boa refeição, pode pedir um copo de conhaque Rute, que é feito de anis e é mundialmente famoso.

Em conclusão, mostramos-lhe os ingredientes e pratos tradicionais da comida típica de Córdoba. No entanto, não podemos deixar de mencionar outras maravilhas como a Presunto serrano do vale de Pedroches, o Salsicha Pozoblanco, The Morcela de Fuenteovejuna ou, no campo vegetariano, o haxixe cordovão, que só leva pepino, cebola, pimenta, tomate, azeite, sal e vinagre. Você não sente vontade de visitar o belo Cordova e curtir essas delícias gastronômicas?

Você quer reservar um guia?

O conteúdo do artigo segue nossos princípios de Ética editorial. Para relatar um erro, clique Clique aqui.

Seja o primeiro a comentar

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.

*

*

bool (verdadeiro)