Como escolher o seguro de viagem mais adequado?

Quando organizamos uma escapadela, temos muitas coisas em mente: transporte, bagagem, hotel, excursões ... No entanto, algo a que normalmente não prestamos atenção são os riscos que podemos correr durante as férias. Como em outros aspectos da vida, ao viajar, estar avisado é sinônimo de tranquilidade. Enfrentar contas imprevistas pode se tornar uma dor de cabeça se tivermos a infelicidade de sofrer um acidente ou necessidade médica durante as férias.

Ter algum tipo de seguro de viagem é recomendado, especialmente se viajarmos para fora da Europa Mas como sabemos que às vezes pode ser difícil escolher entre uma apólice e outra, a seguir informaremos as chaves para que você possa contratar a que precisa.

Seguro de viagem que atende você em seu idioma

Pode ser visto como um problema menor, mas é mais importante do que parece. Seja qual for a cobertura de seguro, O facto de telefonar e ser atendido na sua língua quando se encontra num momento difícil dá-lhe tranquilidade e a certeza de que será tratado no local mais indicado da forma mais correcta.

Outro fator a levar em conta é poder entrar em contato com o serviço telefônico gratuitamente. Existem seguros de viagem que oferecem a possibilidade de fazer chamadas com cobrança reversa nos países que o permitem ou de solicitar o reembolso da chamada nos que não oferecem essa opção.

Como viajar por uma semana inteira com uma única mala de mão

Um seguro de viagem em que você não precisa adiantar dinheiro

A última coisa que queremos ao contratar um seguro de viagem é que, no momento crítico, isso torne as coisas difíceis para nós com a papelada e adiantamentos de dinheiro do bolso. Principalmente se contratarmos um seguro de alta cobertura para viajar sem preocupações.

Para contratar um seguro viagem é aconselhável que opte por um seguro viagem sem franquia que cuide das despesas médicas decorrentes de visitas, remédios e transporte. No entanto, você também deve saber que, se devido a uma emergência você for a um centro médico antes de entrar em contato com a seguradora, é provável que você tenha que adiantar dinheiro que será reembolsado quando você retornar da viagem.

Seguro de viagem para toda a família

Viajar é uma atividade para todas as idades, portanto, o seguro de viagem também deve cobrir as necessidades de todos os públicos. No entanto, não são poucas as seguradoras que colocam cláusulas em letras pequenas que, por razões de idade, impedem que certas pessoas se beneficiem.

Mochilão

Seguro de viagem barato

Quando se trata de seguro viagem, nem sempre você precisa procurar o mais barato, mas o que melhor atende às suas necessidades. Para evitar ofertas de reserva com demasiadas letras miúdas, o processo de pesquisa deve ser realizado com o mesmo cuidado de um voo ou hotel. Se escolhermos a primeira opção que encontrarmos, provavelmente iremos comprar um seguro muito barato que não tem tanta cobertura quanto outro que custa mais dinheiro. Enfim, na hora de contratar um seguro, o fundamental é estudar a cobertura de cada um e depois o preço. É melhor prevenir do que remediar.

Seguro viagem com possibilidade de cancelamento

Muitas pessoas ignoram essa possibilidade, mas existe um seguro de viagem que possui uma cláusula de cancelamento, que permite o reembolso de despesas de viagem que não ocorram e que fornecedores como hotéis ou voos não cobrem diretamente. Ter um seguro viagem com cancelamento garante o retorno de várias das despesas contratadas no caso de não poder usufruir das férias nos mais diversos cenários.

Um seguro de viagem adaptado

Nem todas as viagens são iguais, por que o seguro deveria ser? Contratar um bom seguro de viagem é importante, assim como fazê-lo para o tipo de viagem que você vai fazer. Certifique-se de escolher o melhor para você e não presuma que todos cobrem o mesmo.

Seguro de viagem sem duplicação

Antes de contratar um seguro viagem, é aconselhável revisar as coberturas que nossas outras apólices podem incluir, como saúde ou acidentes, pois às vezes esses seguros também oferecem cobertura no exterior. No entanto, é conveniente olhar para as limitações uma vez que, por exemplo, no caso das políticas de saúde com assistência fora das fronteiras espanholas, o limite económico máximo é de cerca de 12.000 euros e quando a viagem não ultrapassa os 3 meses.

Você quer reservar um guia?

O conteúdo do artigo segue nossos princípios de ética editorial. Para relatar um erro, clique Clique aqui.

Seja o primeiro a comentar

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

*