Maiores cidades do Canadá

O Canadá é composto por dez províncias e três territórios, a capital é a cidade de Ottawa e sua população, em algumas partes de seu território, fala francês e inglês.

Mas o que são As maiores cidades do Canadá?

Toronto

É o maior e mais populosa cidade do país, mesmo sem ser a capital. Na última década, cresceu tanto que se tornou a quarta maior cidade, não do país, mas de toda a América do Norte.

É o capital da província de Ontário e o centro financeiro nacional. Fica na margem noroeste do Lago Ontário e é super cosmopolita, povoado com imigrantes de todo o mundo. De fato, quase metade de sua população não nasceu no país.

Os francês veio primeiro, mas foram os ingleses que construíram um forte e deram origem ao primeiro povoado e mais tarde, em plena Guerra da Independência Americana, aqui se instalaram as tropas imperiais.

Quando for visitar não se esqueça de conhecer o Torre CN, a quarta estrutura mais alta do mundo, Chinatown, Portugal Villa, Little Italy e bairros semelhantes relacionados às comunidades indiana, grega e coreana. o cais das rainhas, um cais no lago, também é um belo calçadão repleto de lojas.

Montreal

Montreal é na província de Quebec e se Toronto tem uma média de 6 milhões de habitantes, esta cidade tem pouco mais de dois milhões. A certa altura foi uma cidade em que a sua população não parou de crescer, mas devido à deslocalização de algumas empresas a partir dos anos 70 (início da globalização), a tendência começou a inverter-se.

A cidade fica na ilha de mesmo nome entre a Riviere des Praires e o rio São Lourenço e, como você deve saber, aqui fala-se francês. De mãos dadas com seu patrimônio, a cultura é de grande valor, e muitos eventos nacionais importantes são celebrados lá. O nível cultural de sua população é estupendo, com sua quatro universidades.

Montreal foi fundada em 1642 por isso é uma das cidades mais antigas do país, e até a década de 60 brilhou como centro financeiro, lugar que lhe foi tirado por Toronto. Três tribos habitavam essas terras antes da chegada dos franceses, que buscavam ouro, e o assentamento indígena mais importante era de mil pessoas. Mas o ouro não era ouro, apenas pirita ou quartzo, então não houve muito progresso. Anos depois os missionários chegariam para construir um forte que os índios não paravam de atacar.

Embora os ingleses estivessem presentes e em algum momento de sua história fossem a maioria, a chegada dos imigrantes franceses no século XIX acabou por definir para sempre a marca francesa. Você pode vê-la em seus monumentos e prédios, mas além do legado francês, a cidade tem belos parques, tem avenida se perder caminhando um pouco, representativo da rica diversidade cultural da cidade, museus e teatros.

Calgary

É a terceira maior cidade do Canadá, é na província de Alberta, no oeste do país, entre colinas e planícies, a cerca de 80 quilômetros das famosas Montanhas Rochosas. Diferentes povos nativos habitaram a área, até que os europeus chegaram no século XVIII. Foi primeiro chamado Fort Brisebois e depois Fort Calgary.

No final do século XNUMX chegou o trem e com ele a imigração já que o governo cedeu terras a pessoas que queriam se estabelecer na zona central do país, como medida para povoá-la. Assim, muitos cruzaram dos Estados Unidos, mas também da Escócia e da Irlanda. Muitos chineses então trabalham na ferrovia e alguns deles também acabam ficando.

O petróleo foi descoberto no início do século XX, embora mais de quatro décadas depois os depósitos começaram a ser levados mais a sério e então veio o boom de Calgary. E novamente, com a crise do petróleo de 1973.

O centro de Calgary tem cinco bairros e há uma área suburbana muito grande. Seus invernos são longos e secos e seus verões quentes e curtos.. Não vá no inverno se você não gosta de frio extremo, mas ainda É uma das cidades mais ensolaradas do país.

Otava

É o capital do Canadá mas como podemos ver, não é a mais populosa, com pouco mais de um milhão de habitantes. Fica a 400 quilômetros de Toronto e apenas 200 de Montreal. É a capital desde a decisão da Rainha Vitória em 1857, pois é um território neutro para as duas comunidades mais importantes, a britânica e a francesa.

A palavra deriva do nativo odawa que significa "negociar". Tem muitas áreas urbanas, é atravessada pelo rio do mesmo nome, goza de um clima temperado, com verões quentes e invernos bastante frios e com neve.

Você pode visitar vários museus, história, natural, fotografia, há até um dedicado à guerra, seus parques e áreas de lazer que são muito numerosos, e se você for na primavera poderá ver as festival de tulipas, flores que chegam de presente da família real holandesa.

Edmonton

É o capital da província de Alberta, em uma área super fértil, e atrás de Calgary está a cidade mais populosa de Alberta. Entre eles há 300 quilômetros. A verdade é que não é uma cidade muito povoada, não chega a um milhão de habitantes, e a densidade populacional é muito baixa, mas ainda É o centro cultural e governamental da província.

Não sei se você gosta de shoppings mas como data vale dizer que aqui está aquele que já foi, de 1981 a 2004, o maior centro comercial do mundo, o West Edmonton Mall. Como Calgary, experimentou um Boom do petróleo que teve seu efeito e seu skyline urbano é muito moderno.

Ao mesmo tempo é uma cidade muito verdeNa verdade, o vale onde fica é vinte e duas vezes maior que o Central Park de Nova York. Há olmos, pinheiros, abetos, bétulas, freixos, bordos, nozes…

como você pode imaginar, os invernos são muito frios, sempre menos 0 graus. Entonces, si por esas casualidades vas en invierno te conviene visitar museos: El Museo de Aviación de Alberta, el Museo Real, el TELUS, de ciencia., la Galería de Arte y el Fort Edmont Park, el museo de historia viva más grande del País.

Vancouver

E finalmente, Vancouver, na costa do Pacífico, na província de British Columbia. Fica ao lado do Estreito da Geórgia e faz parte da Península de Burrard. Embora a Ilha de Vancouver exista, a cidade não está nela.

É uma das cidades com Clima mais quente do Canadá, por sua costa do Pacífico, mas também uma das mais úmidas. Sua população não ultrapassa os 600 mil habitantes e é realmente muito diversificada. Muitas comunidades se estabeleceram nela, de todo o mundo.

A cidade data originalmente de meados do século XIX, quando era a Corrida do Ouro, mas seu valioso porto também rendeu colonos. É o porto marítimo mais importante do país. Ainda assim, para além das indústrias que a caracterizam o turismo cresceu muito tempo nesta parte e o mesmo pode ser dito do indústria cinematográfica, ocupando o terceiro lugar atrás de Los Angeles e Nova York. Nada mal para Vancouver.

Quando for, não se esqueça de caminhar, visite seus parques, suas praias e seus museus.


Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

*