O que você precisa saber para fazer um safári na África?

Safaris na África

Fazer um safári na África é uma das experiências mais enriquecedoras e inesquecíveis que qualquer viajante pode ter. É uma viagem incrível pelo seu tamanho e pela enorme quantidade de surpresas que traz consigo. Desde contemplar o nascer do sol em paisagens oníricas até testemunhar o ciclo de vida coletado na famosa trilha sonora do filme 'O Rei Leão'.

Na língua suaíli, a palavra safari significa viagem. Cada um tem suas características e necessidades. Portanto, se você está pensando em fazer um safári africano nas suas próximas férias, aqui estão algumas dicas que vão tornar a viagem mais fácil e confortável.

Qual é a melhor época do ano para fazer um safári?

Realmente qualquer estação é boa para safáris na África, mas os viajantes ocidentais tendem a fazê-lo em junho, agosto e setembro quando coincide com a migração anual de centenas de animais e suas férias de verão. A única desvantagem nesse aspecto é que a temporada fica alta e fica mais caro fazer o safári, além de ser mais difícil encontrar disponibilidade de excursões e hospedagem. Por isso é aconselhável planejar com antecedência uma viagem com essas características.

safari de luxo

Qual país é o melhor para safári?

O Quênia ou a Tanzânia são as melhores opções para um safári na África, pois o número de empresas que fazem passeios por lá é abundante e elas têm muita experiência no que diz respeito a administrar esse tipo de viagens. Além disso, nesses países, muitos mais animais são vistos durante um safári, mas também muitos mais turistas. É fácil para vários carros de diferentes operadoras de turismo se encontrarem no mesmo rebanho.

No entanto, Botswana, Moçambique, Namíbia, Zâmbia ou Uganda também são locais muito interessantes para fazer uma viagem para desfrutar da natureza em todo o seu esplendor e têm a vantagem de serem mais íntimos porque não há tanta aglomeração de turistas. Embora seja verdade que você também tem que se esforçar mais para encontrar animais selvagens.

Qual é a melhor época para ver animais em um safári?

A melhor época para contemplar os animais durante um safári é ao amanhecer ou ao anoitecer, pois coincide com o início ou final da jornada de muitas espécies, sendo os horários centrais do dia os mais calmos, pois os animais aproveitam para descansar e reservar energia nos horários mais quentes.

De qualquer forma, é preciso ter paciência porque no safári estamos no meio da natureza, onde não há horários. No entanto, os guardas florestais e outros funcionários do parque sempre tentarão tornar as coisas mais fáceis para os turistas, graças à sua valiosa experiência.

O que levar para um safári?

  • Embalar o que é justo e necessário: Para evitar ultrapassar o peso máximo da bagagem ou carregar mais coisas do que realmente vai ser necessário. O mais aconselhável é levar roupas básicas que permitam brincar com as combinações.
  • Roupas confortáveis: por falar em roupas, não há pior ideia do que fazer um safári com roupas desconfortáveis. Este tipo de viagem é uma aventura, por isso é aconselhável usar roupa e calçado confortável para desfrutar ao máximo do safari. Lembre-se de incluir roupas quentes, pois à noite a temperatura pode cair drasticamente.
  • Evite cores brilhantes: este tipo de matiz pode chamar a atenção dos animais e fazê-los fugir. É melhor usar roupas marrons, cáqui, verdes ou amarelo-claro.
  • Acessórios para safári: Óculos de sol, boné, protetor solar e repelente de mosquitos serão seus acessórios essenciais quando você vai em um safári.

Turismo Cinegetico Quênia

  • tecnologia: Em um safári na África, sim ou sim, você precisa de uma boa câmera para imortalizar uma viagem tão incrível. Junto com ele, você precisará de uma bateria extra, um carregador e outro cartão de memória.
  • Documentação para a viagem: Para evitar sustos em caso de roubo ou extravio, recomenda-se fazer várias fotocópias de nossa documentação original (passaporte, apólice de seguro, cheques de viagem, vistos e cartões de crédito) e manter cópias e originais separadamente.
  • Seguro médico: em muitos países, os custos de hospitalização são suportados pelo paciente e podem ser muito altos. Por isso, é recomendável fazer um seguro médico que, em caso de doença ou acidente durante o safári, garanta a cobertura total. O seguro de viagem também nos ajudará em caso de roubo, perda de voo ou bagagem.
  • Moneda: É sempre aconselhável levar algum dinheiro já trocado na mala para fazer face a eventuais imprevistos. Também não custa transportar outros meios de pagamento, como cheques de viagem ou cartões de crédito.

Você já fez um safári na África? Que outras dicas você considera importantes ao fazer uma?

Você quer reservar um guia?

O conteúdo do artigo segue nossos princípios de ética editorial. Para relatar um erro, clique Clique aqui.

Seja o primeiro a comentar

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

*