Onde as ruínas antigas foram encontradas?

Ruínas Antigas 2

Se você é um amante de história, dos antigos, de saber o que acontecia em determinados lugares, esse artigo é ideal para você. Nele vamos dizer onde encontrar ruínas antigas, ou pelo menos muitas delas, que você pode visitar quando quiser.

Além disso, daremos uma série de dicas para que sua visita seja respeitosa e não chame sua atenção por fazer algo que você não conhecia. Fique de olho nos dados!

Ruínas antigas na Espanha

A seguir indicamos mais de 10 ruínas antigas que podemos encontrar no nosso país e indicamos em que cidade ou província se encontram. Se neste verão vai fazer viagens pelo território nacional, pode interessar-se por esta informação, visto que em muitas das nossas cidades existem algumas destas ruínas:

  • Os banhos árabes públicos em Ronda (Málaga, Andaluzia).
  • O Circo Romano de Tarragona (Catalunha).
  • A Ponte Romana de Córdoba (Andaluzia).
  • Conjunto Arqueológico de Itálica em Sevilha (Andaluzia).
  • Anfiteatro Roma em Tarragona (Catalunha).
  • Ponte do Diabo em Tarragona (Catalunha).
  • As muralhas romanas de Lugo (Galiza).
  • Teatro Romano de Mérida (Extremadura).
  • As muralhas de Ávila (Castela e Leão).
  • Cidade celta de Santa Tecla em Pontevedra (Galiza).
  • Aqueduto de Segóvia (Castela e Leão).
  • Templo de Diana em Mérida (Extremadura).
  • Teatro Romano de Málaga (Andaluzia).
  • Ruínas do Templo Romano de Córdoba (Andaluzia).
  • Ruínas de Bobastro (Málaga, Andaluzia).
  • Ruínas das Praias de Mazagón (Huelva, Andaluzia).
  • Ruínas de Tiermes em Soria (Castela e Leão).

Ruínas antigas ao redor do mundo

Ruínas Antigas 3

Se você sair de nossas fronteiras e viajar para qualquer parte do mundo, fique de olho, você pode se deparar com uma destas ruínas antigas:

  • Templo e Tumba de Confúcio, Qufu, China.
  • Palácio de Diocleciano, Split, Croácia.
  • Tebas, no Egito.
  • Sítios romanos em Arles e Nimes, na França).
  • Masada, em Israel.
  • Gerasa, na Jordânia.
  • Pirâmide da Bósnia, a mais antiga do mundo desde os 25.000 anos.
  • Monumento Yonaguni, no Japão com 8.000 anos.
  • Machu Picchu, no Peru.
  • Babilônia, no Iraque.
  • Ayutthaya, na Tailândia.
  • O Partenon, na Grécia.
  • Chichen Itza, México.
  • Zona arqueológica de Palenque, no México.
  • Stonehenge, na Grã-Bretanha.
  • Sechin Bajo, nos Andes.
  • O Coliseu Romano, em Roma.
  • Knap of Howar, na Ilha de Papa Westray, Escócia.
  • Pompéia, na Itália.
  • Moai de Rano Rarak, na Ilha de Páscoa, no Chile.
  • Cidade de Petra, na Jordânia.
  • Banhos romanos em Bath, Inglaterra.
  • Pirâmides do Egito.
  • Grande Muralha da China.

Ruínas Antigas 4

E muitos mais que mencionaríamos se tivéssemos muito tempo e também espaço. Se desejar conhecer outros tipos de ruínas históricas e com informações mais abrangentes sobre elas, informe-nos na seção de comentários.

Dicas e recomendações para visitar ruínas históricas de maneira adequada

Ruínas antigas

Aqui estão uma série de dicas e recomendações que você deve seguir se deseja ter uma agradável visita a qualquer ruína histórica. Eles não devem ser considerados levianamente e, se não, preste atenção:

  • Não se incline, não toque, não pise: Em muitas dessas ruínas, é solicitado não tocar ou pisar, uma vez que têm tantos anos que qualquer pegada pode causar danos catastróficos à ruína. Respeite o que foi preservado por tantos anos ...
  • Respeite as entradas e as saídas dos diferentes monumentos. Existem muitas ruínas antigas com dezenas de portas. Se pretende uma visita bem organizada e não perde nada no interior, respeite as portas de saída para sair e as que são de entrada para entrar. Não tem mistério maior.
  • Respeite o que tem se mantido por tantos anos. Embora sejam ruínas, respeite sua construção: sem goma, sem lixo, etc. E muito importante: “aonde quer que você vá, faça o que você vê”. Respeite cada cultura e suas tradições.
  • Use sapatos e roupas confortáveis: Ir para visitar ruínas não requer roupas de gala, então pegue o mais confortável que você tiver, tanto em sapatos quanto em roupas, e saia para explorar.
  • Tire fotos do que mais o impressiona em cada ruína. Ruínas são lugares que vemos muito de vez em quando, já que o mais normal é visitar cidades atuais onde elas são escassas ou simplesmente inexistentes, então leve uma lembrança em forma de foto.
  • Contrate um guia turístico se quiser conhecer a fundo a história de cada ruína.

Boa Viagem!

Você quer reservar um guia?

O conteúdo do artigo segue nossos princípios de ética editorial. Para relatar um erro, clique Clique aqui.

Seja o primeiro a comentar

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

*