Os países mais visitados da Europa

A Europa é a região do mundo mais visitada por turistas. Houve um tempo em que alguns de seus países mais bonitos estavam atrás da Cortina de Ferro, mas desde a década de 90 o continente se abriu à curiosidade dos viajantes.

Quais são os países mais visitados da Europa? Aqui está a lista.

França

Não há surpresas nesta lista. França a lidera com quase 90 milhões de visitantes por ano. O que atrai a França? A gastronomia, os vinhos, os castelos, a arte, as ruas parisienses… Pode-se voltar à França vinte vezes e continuar descobrindo destinos.

Por exemplo? Paris É uma cidade elegante e bonita. Alugar uma bicicleta pública e dar um passeio é altamente recomendado. Tem museus, eventos artísticos, parques, bairros, igrejas, moda… a lista é bem longa.

Mas a França existe além de Paris, então à lista devemos adicionar Annecy, com suas casas multicoloridas e seus canais, Colmar, com sua combinação de arquitetura francesa e alemã, na Alsácia, Viviers, no sul do país, em Provence, o conhecido Lyon, por cujas ruas você também pode andar de bicicleta, Borgonha, a norte, uma verdadeira pérola com o Castelo Comatin aberto ao público.

Beaune É uma cidade charmosa onde você deve ir aos sábados para curtir o mercado local. Tem os melhores vinhos e a cozinha é excelente. Eze Fica no sul do país e é uma pitoresca vila francesa, parece algo saído de uma história. Cannes é outro destino popular, especialmente se você gosta de filmes. É também um bom ponto de partida para explorar a Riviera Francesa e descobrir Prazer ou mesmo Monte Carlo.

E finalmente o Vale do Loire e seus castelos. Você pode se inscrever para um passeio e sair de manhã cedo para ver pelo menos três dessas mansões históricas. Vale a pena se você não tiver um carro ou não pretende alugar um.

Espanha

A França é seguida pela Espanha com quase 83 milhões de visitantes por ano. É também um destino com história, cultura e gastronomia.

Espanha Tem 47 sítios que a UNESCO declarou Património Mundial, Excepcionais praias atlânticas e mediterrâneas, aldeias medievais, castelos, festivais, igrejas...

La gastronomia Inclui paellas, tortilhas, ratatouille e variedades locais e regionais às quais se juntam bons vinhos. Impossível passar pela Espanha sem aumentar alguns quilos.

A viagem à Espanha deve incluir Barcelona, a capital da Catalunha, obviamente Madri, capital nacional, Sevilha, Granada, mas também há lugares requintados em Galiza, Extramadura, Andaluzia… E é que a Espanha é maravilhosa.

Itália

Por ano estima-se que cerca de 62 milhões de pessoas visitam a Itália. Se você gosta da história do Império Romano, é o melhor destino de todos. Roma É uma cidade que pode ser explorada a pé e que a cada passo oferece memórias.

As ruínas romanas são a pérola da capital italiana, mas também as suas ruas, praças, museus, pontes, bairros e claro, as Vaticano É melhor ir na primavera ou no outono, quando é mais agradável caminhar ao ar livre.

Obviamente, a Itália é muito mais do que Roma. Costa Amalfitana ela é linda também Veneza, Florença, Milão elegante, Pompeia. xixipara, Siena e a lista continua. A verdade é que em países como Itália, Espanha ou França é impossível rever tudo ou cobrir tudo numa única viagem. Você tem que fazer vários!

Turquia

Um pé na Ásia e outro na Europa. Esta é a Turquia. Quase 46 milhões de pessoas visitaram o país antes da pandemia. Para mim, a Turquia oferece um misto de sensações ao viajante, por causa daquele ar asiático que sobrevoa.

Istambul É a meca do turismo turco, com sua arquitetura otomana e bizantina, sua comida típica do Oriente Médio, o clima agradável, os mercados, as vistas do Bósforo… A isto junta-se a cidade de Éfeso, com as suas ruínas gregas, a vale da capadócia que pode ser sobrevoado em um balão, terraços de pamukkale, as ruínas armênias de Ani, todos os seus museus…

Alemanha

Quase 39 milhão de visitantes, o que não é pouco. Seus principais destinos são Berlim, Munique, Hamburgo, Colônia e Frankfurt mas obviamente um pouco mais de pesquisa é suficiente para descobrir pequenas cidades ou vilarejos aqui e ali.

O legado medieval na Alemanha é muito interessante, então se você gosta de castelos existem vários que ainda estão de pé: o Castelo de Löwenburg, o Castelo de Wartburg, de 1067 e um dos mais antigos do país, o Castelo de Marksburg, o único que nunca foi destruído no Reno, sobrevivendo 700 anos, o Castelo de Albrechtsberg, belo castelo gótico, o Reichsburg Cochem , o Heilderberg, o belo Castelo de Lichtenstein, o Schweriner, o Hohenzollern e o popular Castelo de Neuschwanstein.

Aos castelos pode adicionar a Catedral de Colónia, a Catedral de Aachen, o edifício do Reichstag, o Jardim Zoológico de Leipzig e o popular e conhecido Oktoberfest, por exemplo, pior também o carnaval de Colônia e o Festival de Cinema de Berlim.

Reino Unido

O Reino Unido é visitado em média por 36 milhões de pessoas O Reino Unido inclui Escócia, País de Gales, Inglaterra e Irlanda do Norte. É um destino muito completo, embora na minha opinião falte gastronomia.

Caso contrário há paisagens, castelos, museus e cidades encantadoras. Afinal estas ilhas desempenharam um papel muito importante na história mundial dos últimos séculos. Londres é a cidade mais visitada do país, concentra a vida cultural e tem os melhores museus. Lembremos que os ingleses foram um império e tiraram tesouros de todos os lugares que dominaram...

Além de Londres, as pessoas visitaram o Banhos romanos e as ruas de Bath (se você gosta de histórias de Jane Austen você tem que ir aqui), o Catedral de Canterbury, Charming Cotswolds, Warwick Castle, Stirling Castle, Stonehenge, Scottish Highlands e depois, dentro de cada país do reino, o mais popular.

Áustria

A Áustria recebe cerca de 30 milhão de visitantes. É um país elegante, na mesma onda que a Alemanha. Aqui você encontra cCastelos espetaculares, belas cidades, jardins, ruínas, monumentos...

O passado romano encontra a Idade Média, os Alpes estão repletos de resorts de inverno, Innsbruck atrai viajantes durante todo o ano, Viena e seus museus também são um ímã, Salzburg com suas atrações relacionadas ao filme A Noviça Rebelde, Hallstatt, Graz, Saint Anton am Arlberg, Linz, Bad Gastein, Ischgl, Zell am See…

Grécia

Pode-se pensar que a Grécia está no topo dos países mais visitados da Europa, mas não, nós a encontramos aqui, no número oito da lista. Recebe mais ou menos o mesmo número de visitas que a Áustria, cerca de 30, 31 milhões.

A Grécia é o berço da civilização ocidental, por isso todas as suas ruínas são o seu principal tesouro. A Acrópole, os Mosteiros de Meteora, as ruínas de Delfos, o Templo de Éfeso, Salónica, Creta... Há cidades e ilhas para escolher, cada uma com praias, castelos, aldeias pitorescas e ruínas antigas. Na verdade, existem mais de 200 ilhas para explorar.

Além disso, a Grécia tem uma gastronomia única, entre locais e com influências turcas e italianas. É um ótimo destino para experimentar queijos, vinhos e peixes e frutos do mar. Além do fato de que a cozinha mediterrânea é famosa por ser equilibrada e saudável.

Rússia

Quase 25 milhões de pessoas visitam a Rússia. É um dos maiores países do mundo e é realmente difícil apreciá-lo fazendo uma única visita. Essa primeira viagem geralmente inclui Moscou e São Petersburgo, mas é claro que a Rússia tem muito mais.

Em Moscou você tem que visitar o Kremlin, o Teatro Bolshoi, o túmulo de Lenin. Não devemos esquecer o Museu Hermitage, os edifícios de arquitetura soviética, a Catedral de Kazan e, se avançarmos, vale a pena conhecer o Lago Baikal, Ilha Kizhi, Vale dos Gêiseres ou Monte Elbrus.

gastronomia russa? Hum, nada demais.

Portugal

É um pequeno país encantador, com quase 23 milhões de visitantes por ano, sempre antes da pandemia. Os principais destinos do país são Porto, Odemira, Sintra e Faro. Portugal é uma mistura de cidades, castelos, palácios, antigas aldeias pitorescas como Sortelha, as cascatas dos Açores...

Se gosta de história existem muitos locais e museus para visitar e recordar os tempos em que Portugal era um império colonial.

Você quer reservar um guia?

O conteúdo do artigo segue nossos princípios de Ética editorial. Para relatar um erro, clique Clique aqui.

Seja o primeiro a comentar

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.

*

*