Viagem egito

Imagem | Pixabay

O Egito é um país que marca um antes e um depois no currículo de qualquer viajante. Uma viagem pelo Egito permitirá que você conheça uma das civilizações mais antigas e relevantes da história. Um país cheio de contrastes, que cativa quem busca mergulhar no mundo dos faraós e no lendário Rio Nilo em detalhes.

Se você está planejando uma viagem ao Egito, não pode perder este post. Aqui contamos tudo o que você precisa saber para visitar este país do Norte da África.

Qual é a melhor época para uma viagem ao Egito?

Ao planejar uma viagem ao Egito, a melhor época para visitar é de março a maio e de setembro a novembro. Assim você evitará os meses mais quentes e os mais frios, pois embora o clima seja seco e quente praticamente o ano todo, nos meses de julho e agosto os termômetros atingem mais de 40ºC.

Porém, se você só pode programar as férias de verão, o melhor é concentrar todas as suas visitas nas primeiras horas do dia, quando as temperaturas ainda não são muito altas. A boa notícia é que os ônibus que levam os turistas aos diversos monumentos têm ar-condicionado e as visitas aos templos costumam não demorar.

Para quem quer incluir a zona do Mar Vermelho na sua viagem ao Egipto para passar uns dias a relaxar na praia ou a mergulhar, a melhor época é de Maio a Setembro.

Imagem | Pixabay

Uma viagem pelo Egito é segura?

Depois de se perguntar qual é a melhor época para visitar o país, a próxima pergunta que você provavelmente fará é o quão seguro é o Egito hoje. A verdade é que a situação atual do país se estabilizou depois de alguns anos turbulentos em que o terrorismo e a insegurança causados ​​pela Primavera Árabe reduziram o número de turistas.

O turismo é uma das maiores fontes de receita do país, por isso o governo alocou muitos recursos para garantir a segurança dos viajantes em locais turísticos e hotéis. Viagens de aventura e turismo para locais remotos também são desencorajados. A segurança é maior em áreas turísticas como Cairo, Alexandria, Luxor, Aswan e a costa continental africana do Mar Vermelho. Em qualquer caso, é sempre aconselhável seguir as rotas rodoviárias estabelecidas pelos órgãos e pelo governo para viajar sempre com segurança.

Em termos de segurança, é importante observar os costumes e as leis locais para evitar incidentes desagradáveis, principalmente quando o viajante vem de um país com costumes muito diferentes. Mulheres que viajam sozinhas, sem agência de viagens ou fora dos circuitos turísticos são desencorajadas, tendo especial cuidado no contato com estranhos. Além disso, é recomendável vestir-se discretamente cobrindo os ombros e as pernas.

Por outro lado, o consumo de álcool deve limitar-se aos locais onde a sua venda é permitida e a manifestação pública de afeto pode ser socialmente condenável.

Imagem | Pixabay

Como chegar ao Egito?

A maneira mais fácil de chegar ao Egito é de avião. Os voos para este local partem de praticamente todos os países. Porém, se você preferir economizar na passagem aérea, pode escolher um voo com escalas.

Quais são os requisitos para entrar no Egito?

Além de ter passaporte com validade mínima de 6 meses para acessar o Egito, é necessário um visto de 30 dias. Este visto pode ser processado no aeroporto de chegada ou online com antecedência. Um conselho? Sempre carregue uma ou mais cópias do seu passaporte em papel e outra na nuvem, seja em uma conta de e-mail, no Google Drive ou Dropbox.

Imagem | Pixabay

Internet em viagem pelo Egito

Ter uma conexão com a Internet o tempo todo é muito importante hoje. Não só para fazer o upload de todos os detalhes da nossa viagem para as redes sociais, mas também para entrar em contato com nossa família e amigos.

Desta forma, você pode escolher entre várias opções: compre um cartão SIM no aeroporto ou em uma loja de telefones no Cairo ou compre um cartão SIM em uma das empresas que vendem cartões SIM pré-pagos com ligações e dados online passar vários dias em outro país sem ter que se preocupar com a conexão.

Seguro de viagem e vacinas

Ao agendar uma viagem ao Egito, é recomendável fazer um seguro de viagem. Os centros de saúde egípcios muitas vezes exigem pagamento adiantado e os custos dos serviços prestados costumam ser muito altos. Como a embaixada da Espanha não pode oferecer nenhuma garantia, é recomendável assinar um seguro médico de viagem e viajar com cartão de crédito, caso seja necessário pagar contas médicas com urgência.

Em relação às vacinas, é conveniente manter o calendário vacinal oficial atualizado. Nesse caso, é melhor marcar uma consulta em um centro de vacinação internacional autorizado, pois outras vacinas podem ser recomendadas, cuja prescrição deve ser feita de forma personalizada.

Você quer reservar um guia?

O conteúdo do artigo segue nossos princípios de ética editorial. Para relatar um erro, clique Clique aqui.

Seja o primeiro a comentar

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

*