Colmar, visite a joia da Alsácia

Colmar

Colmar é uma cidade linda que exala charme em todos os quatro lados. Está localizado na região da Alsácia, na França, perto da fronteira com a Alemanha, por isso muitas casas nos lembram o estilo bávaro. Era uma cidade imperial livre, da qual já se fala no século IX. Hoje em dia é um verdadeiro destino turístico pelo quão bem preservada está a sua zona antiga.

En Colmar há muito para ver, embora não seja uma cidade grande. Esta vila tem algumas casas muito bem conservadas e um centro antigo que vale a pena conhecer, principalmente no Natal, quando tudo está cheio de enfeites. Mas Colmar é muito mais do que isso, por isso vamos descobrir todos os seus cantos.

Little Venice

Pequena veneza

Se você for à Rue de la Poissonnerie, onde poderá ver as típicas casas de enxaimel coloridas ao longo do canal e seguir por esta rua, chegará ao que é conhecido como Petite Venise. Little Venice é um lugar com charme de conto de fadas, quase como toda a parte antiga de Colmar. Da ponte Rue de Turenne as melhores perspectivas são tiradas para tirar fotos dos sonhos desta área do canal.

Rue des Marchands

Rue des Marchands

Esta é a rua mais importante e central da cidade de Colmar, pelo que é mais uma das suas visitas obrigatórias, sobretudo se falamos da época natalícia. Conta com casas tradicionais da Alsácia, como a Casa Pfister ou a Casa Weinhof. Na época do Natal esta rua enche-se de luzes nas fachadas e uma decoração que não fica indiferente a ninguém. No resto do ano ainda é uma rua muito charmosa para passear e visitar seus pequenos comércios.

Place de l'Ancienne Douane

Perto da Rue des Marchands fica esta grande praça, uma das mais importantes de Colmar. Você pode ver o Edifício Koifhus, a antiga estância aduaneira por onde deviam passar os produtos exportados. Nele está também a escultura de Auguste Bartholdi.

Igreja Colegiada de San Martín

Saint Martin

Esta igreja colegiada é localizado na central Place de la Cathedrale. A igreja foi originalmente construída no século XII em estilo românico, embora posteriormente tenha sido renovada novamente em estilo gótico, que é o que podemos ver hoje. Possui uma fachada em que se destaca a torre alta. No interior avistam-se os vitrais, as capelas laterais e o órgão.

Museu Unterlinden

Unterlinden

Este museu é localizado em um antigo convento. Dentro do museu podemos ver obras medievais ou renascentistas de artistas locais ou próximos. Destaca-se também pelo Retábulo de Isenheim e possui várias secções a visitar como arqueologia, escultura ou vitral.

Pfister House

Maison Pfister

Esta original e bela casa do século XNUMX É um dos edifícios de estilo renascentista mais bonitos e mais bem preservados de Colmar. Está localizado no número 11 da conhecida Rue des Marchands. Do lado de fora, você pode ver suas antigas galerias de madeira e murais religiosos. Perto desta casa encontramos também um dos edifícios mais antigos da cidade, o número 14, que foi um armazém que pertenceu às freiras do convento de Unterlinden.

Maison des Tetes

Maison des Tetes

Perto do Place Unterlinden é um dos edifícios mais importantes em toda a Colmar. Este edifício renascentista data do século XVII e está localizado na Rue de Tetes, 19. Se não ficar no hotel dele, a casa, que já é um Monumento Histórico da França, só pode ser vista de fora, embora a visita valha a pena pela originalidade. Na sua fachada podemos ver mais de uma centena de faces, daí o nome Casa de las Cabezas. Na parte superior pode-se ver a figura de um tanoeiro.

Igreja Dominicana

Esta Igreja de estilo gótico localizada na Plaza de los Dominicos. Possui um belo estilo e também foi construída entre os séculos XIII e XIV. Vale a pena visitar para admirar os belos vitrais do século XIV, o retábulo da Virgem das Rosas e o coro de estilo barroco.

Feiras de natal

mercado de Natal

Pode não coincidir com esta época do ano, mas você deve reservar sua visita a Colmar para a época dos mercados de Natal. Esta cidade se destaca por ter uma das feiras de natal mais charmosas de todo o mundo, com as ruas decoradas com luzes e repletas de barracas. Por toda a cidade, em lugares como a Petite Venise, a Rue des Marchands ou a Place des Dominicains você pode ver esses grandes mercados que começam no final de novembro.

Você quer reservar um guia?

O conteúdo do artigo segue nossos princípios de ética editorial. Para relatar um erro, clique Clique aqui.

Seja o primeiro a comentar

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

*