Dicas para se preparar para fazer o Caminho de Santiago

Caminho de Santiago

Mais e mais pessoas eles fazem o Caminho de Santiago por qualquer uma de suas rotas. É uma experiência única, que pode ser realizada por vários motivos, mas no final é em quase todos os casos satisfatória. É por isso que hoje vamos dar algumas idéias para se preparar para fazer o Caminho de Santiago.

Existem muitos coisas para se preparar para o Caminho de Santiago. É uma viagem longa, principalmente se optarmos pelo Caminho Francês, que dura pelo menos um mês, embora os menores sejam recomendados para iniciantes. Seja como for, preste atenção a essas dicas para fazer o Caminho de Santiago.

Escolha a rota do Caminho de Santiago

Caminho de Santiago

Existem várias rotas para chegar a Santiago de Compostela, embora algumas sejam mais populares do que outras. Sem dúvida, a escolha do percurso pode levá-lo por diferentes lugares e o planejamento também deve ser diferente, já que existem caminhos mais curtos do que outros. O mais longo é o francês, que consiste em cerca de 32 etapas, embora cada pessoa faça de forma diferente. Um mês é o mínimo para fazer isso. Existem outros que são melhores para iniciantes, como Maneira portuguesa, que vem do país português e do sul da Galiza. O Caminho Primitivo é o primeiro a ser feito e o Caminho Inglês vem da zona da Corunha. Outra parte da estrada que normalmente se faz é a de Santiago a Finisterre e Muxía, como fim da estrada.

Treinar com e sem mochila

Realizar todas as etapas não é para todos, pois exige caminhar alguns 25 quilômetros por dia. Por isso é recomendável treinar um pouco antes de fazer. Sair para passear, fazer exercícios de força para que as costas e as pernas fiquem em forma e principalmente praticar com a mochila nas costas. Não é a mesma coisa andar sobre o chão e sem carga do que andar com uma mochila carregada por quilômetros.

Equipamento adequado

Caminho de Santiago

Cada vez há um equipamento mais profissional para fazer este tipo de desafio, o que nos ajudará muito na hora de nos sentirmos bem na estrada. O calçado vai ser uma das coisas mais importantes, e devemos escolher um calçado de trekking confortável, que caiba bem no tornozelo e seja do tamanho certo. Você tem que treinar com eles para moldá-los antes. Também estão na lista meias e roupas confortáveis, uma mochila com capacidade, além de um pequeno kit de primeiros socorros no qual carregamos curativos para bolhas e material para desinfecção de possíveis feridas. Protetor solar, chapéu, roupa refletora e capa de chuva para a chuva são outras coisas que não devemos esquecer. É bom fazer uma lista prévia para saber se temos tudo que você precisa.

Plano em etapas

Cada percurso tem suas etapas, que já estão bastante divididas para que tenhamos uma ideia simples como planejar. Todos os dias uma etapa, tentando fazer os roteiros nas primeiras horas do dia caso seja verão, para poder descansar à tarde e nas horas quentes. Planeje cada etapa durante o dia e assim saberá o que ela te levará, embora ache que deve ser flexível, não é um trabalho, mas algo que você tem que aproveitar.

Procure informações anteriores

Caminho de Santiago

Na web você tem muitas informações sobre cada pousada, as etapas e os problemas que você pode encontrar. É melhor saber com antecedência o que esperar de surpresas desagradáveis. As opiniões de outros peregrinos sobre os estágios pode ser de grande ajuda.

Escolha bem a temporada

O equipamento que você carrega pode depender muito de quando você faz a viagem. Não é aconselhável fazê-lo em solstício de verão, não só pelo calor que pode encontrar, mas também pelo grande número de pessoas que optam por estes meses, por isso será mais difícil encontrar alojamento e sentir-se confortável a fazer o caminho. Se, por outro lado, o que se pretende é conhecer grupos de pessoas, esta será a melhor estação. No inverno é melhor evitar, pois as baixas temperaturas e os dias de chuva tornam a experiência menos agradável.

Sozinho ou acompanhado?

Esta é outra pergunta que podemos fazer a nós mesmos. Sem dúvida são muitos os que vão escolher a companhia, pelo prazer e segurança. No entanto, também pode ser feito sozinho, como provavelmente descobriremos companheiros de viagem em nossa jornada.

Em primeiro lugar, aproveite

Seguir o caminho é uma experiência que exige esforço, mas também tem suas recompensas. Se trata de aproveite cada estágio, de encontrar recantos interessantes em locais que nunca visitaríamos de outra forma, de encontrar pessoas e de ver o mundo de uma forma diferente. Neste caso, como em muitos outros, não se trata de chegar lá, mas de aproveitar cada passo do caminho.

Você quer reservar um guia?

O conteúdo do artigo segue nossos princípios de ética editorial. Para relatar um erro, clique Clique aqui.

Seja o primeiro a comentar

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

*