O pátio dos leões

Tribunal dos Leões

Si vamos visitar granadaUma das primeiras coisas que temos de ver sem dúvida é a Alhambra. Nela encontram-se locais que se destacam de outros, como o popular Patio de los Leones, que vamos conhecer mais detalhadamente. Este belo pátio é reconhecido por todos, embora nem todos conheçam o seu simbolismo ou a importância que tem.

Viajar para Granada é uma grande experiência, pois esta cidade foi um enclave histórico de grande importância. Prova disso é a incrível Alhambra, construída durante a era Nasrid, quando foi estabelecido o Reino de Granada. Dentro desta fortaleza e habitação está o lindo Pátio dos Leões, que pertencia à zona privada.

História do Tribunal dos Leões

Este lindo pátio era encomendado por Mohammed V durante o seu segundo mandato, quando quis ter o Palácio dos Leões em que se enquadra este pátio com a famosa fonte. Isso aconteceu no século XNUMX. Neste pátio são sintetizados os estilos nasridas do momento, sendo um momento culminante. O mais curioso sobre o assunto é que os estudos efectuados sobre a fonte indicam que os leões que a sustentam datam do século XI, pelo que são anteriores à própria construção da Alhambra. Isso leva a crer que foram transferidos de outro local diretamente para adicioná-los a este pátio, embora não se saiba exatamente de onde podem vir.

Simbolismo de pátio

Fonte dos leões

Diz-se que este pátio representa de certa forma o paraíso islâmico. Têm grande valor simbólico e seu principal elemento é a água, que passa a ser a protagonista. Possui uma planta retangular, que representa o cosmos. Podem ver-se quatro eixos que conduzem à fonte e que atravessam todo o pátio, que podem representar os pontos cardeais ou os quatro rios do paraíso. Todos eles se reúnem no centro, onde nasce a fonte, que simbolizaria o universo ou a divindade.

A Fonte dos Leões

Esta fonte é uma das peças mais significativas e importante da Alhambra. Tem atraído a atenção de historiadores porque a representação de figuras de animais não é muito frequente na arte islâmica e tem menos que este tamanho. Além disso, sabendo de sua data de criação, eles criaram ainda mais hipóteses sobre sua verdadeira origem. Esta fonte também se destaca por possuir um complicado sistema de bica que permite que a água fique sempre na borda sem derramar.

Sobre os doze leões repousa em uma grande xícara dodecagonal em mármore branco de base octogonal. Um poema de Ibn Zamrack está gravado em suas bordas. No século XVII, foi acrescentada outra xícara por cima, que agora está no Patio de los Adarves. A água sai da boca dos leões, e não podemos esquecer que ela é a protagonista deste pátio.

Detalhes do pátio

Detalhes da coluna

Este pátio assemelha-se a outros que se encontram na Alhambra, como o Pátio de Comares. É inspirado no mundo muçulmano, com o esquema tradicional da casa típica hispano-muçulmana. Era um espaço privado e nele se desenvolvia a vida social da família. É um pátio ao ar livre rodeado pelos quartos, que se comunicam por esta zona interior mas virada para o exterior. Atrás das colunas com profusa decoração árabe encontram-se galerias cobertas que permitem abrigar e desfrutar do belo pátio sem sair de casa, algo que lembra os claustros do cristianismo.

O que ver na Alhambra

Alhambra em Granada

A Alhambra é a principal atração de Granada e você deve dedicar um dia para vê-la com calma, pois tem muitos espaços interessantes. Um deles é o Generalife com seus jardins, local de descanso da realeza muçulmana. Um belo palácio fora dos muros da Alhambra. O Palácios Nasrid Eles são considerados uma das partes mais bonitas da Alhambra. Dentro dos quartos você pode ver o artesanato antigo e, acima de tudo, a incrível decoração árabe.

Existem lugares que são simplesmente espetaculares, como o incrível Salão dos Abencerrajes. Seu teto e suas paredes foram esculpidos com milhares de detalhes que deixarão qualquer um sem palavras. Você tem que levar o seu tempo para desfrutar desta incrível abóbada decorada com trabalhos de artesãos.

Dicas para viajar para Granada

Uma das coisas que sempre deve ser feito com antecedência é comprar bilhetes para visitar a Alhambra. Não é o primeiro a chegar e não encontra os ingressos porque às vezes ficam esgotados durante dias. Por isso, devem ser comprados com antecedência para evitar sustos. Não se esqueça que é um dos locais mais visitados da Andaluzia. Além disso, é melhor ir na primavera ou no outono, pois no inverno pode nevar e no verão o calor é sufocante.

Você quer reservar um guia?

O conteúdo do artigo segue nossos princípios de ética editorial. Para relatar um erro, clique Clique aqui.

Seja o primeiro a comentar

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

*